top of page
  • gt4975

Poles divididas adiam decisões para amanhã


As duas qualificações para as corridas da Estoril Season Finale by NAPA foram disputadas na tarde de sábado e animação em pista foi uma constante, acabando por haver surpresas e confirmações, prometendo provas emocionantes e decisões entusiasmantes para domingo.


Depois dos treinos-livres de ontem, era esperado qualificações muito disputadas e marcadas pelo muito tráfego, o que se verificou. Contudo, houve outro factor em jogo – a temperatura da pista, bastante baixa, levou a que os pilotos tivessem dificuldades em aquecer os pneus.


Estava assim montado o palco para um grande espetáculo que agarrou todos os espectadores até ao final da segunda qualificação.



Qualificação 1 – José Carlos Pires na ‘pole’, mas marcado pelo rival


Com cada qualificação a oferecer um ponto ao titular da pole-position, as decisões dos títulos começavam imediatamente com a luz verde dos semáforos, muito embora, as primeiras voltas da sessão tenham sido passadas a aquecer os pneus e a encontrar um bom espaço no pelotão de trinta e quatro carros para realizar uma volta limpa.


Entre os GT4 Pro, foi José Carlos Abreu, em BMW M4 GT4 da Speedy Motorsport, que enfrentou melhor todos os desafios, conquistando uma pole-position que lhe permitiu a si e ao seu colega de equipa, Francisco Abreu, estender um pouco a sua vantagem para os seus rivais, Nuno Pires e Elias Niskanen.


No entanto, o piloto Bronze do Mercedes AMG GT4 da Lema Racing marcou bem o seu adversário, assinando o segundo crono a três décimos de segundo do homem da ‘pole’ e ficando em situação de se bater pela vitória na primeira corrida de amanhã.


Nas duas posições seguintes ficaram mais dois Mercedes AMG, o exemplar da Racar Motorsport, pilotado por Manuel Gião, e o da NM Racing Team, comandado por Guillermo Aso, qualquer um destes ainda com possibilidades remotas de luta pelo título.


Em boa posição para conquistar o ceptro da GT4 Bronze ficou Jorge Rodrigues, no Audi R8 LMS GT4 da Veloso Motorsport, que conquistou a pole-position da divisão, somando um ponto ao seu pecúlio. O seu grande rival na luta pelo título, Alberto de Martín, em Mercedes AMG da NM Racing Team, não ficaram longe, com o sétimo posto da geral, tendo entre os dois ficado Sérgio Azevedo, aos comandos do BMW M4 GT4 (F82) inscrito na GT4 Pro pela Batina Racing.


Na TCR a surpresa foi o regressado António Coimbra que levou o Hyundai Elantra N TCR da Sports & You até ao topo da classificação, conquistando a pole-position da sua divisão para a primeira corrida do programa.


Daniel Teixeira não conseguiu realizar uma volta limpa no Cupra TCR da JT59 Racing Team e não foi além do terceiro posto da sua divisão, as apenas vigésimo quarto da geral, o que o obrigará a uma recuperação massiva durante a prova de amanhã.


Dois lugares à sua frente ficaram os seus rivais na luta pelo ceptro da categoria de Turismo, tendo Borja Garcia, no BMW M240i Racing, assegurado ainda a pole-position da divisão TC.


Miguel Nabais voltou a repetir a façanha de Jerez e assegurou o melhor tempo entre os pilotos da GTX, assinando um bom décimo lugar da geral, ao passo que Álvaro Ramos, em Aston Martin Vantage AMR GT4, e grande candidato ao título da divisão, não foi além do quarto posto, e vigésimo sétimo da geral, tendo amanhã um enorme desafio juntamente com o seu colega de equipa, Fernando Soares.


O piloto da da Araújo Competição ficou ainda atrás de Dave Benett, em Porsche 911 Cup, que conduz o carro rival na luta pelo ceptro da categoria GTC.


Rui Miritta, que regressa ao campeonato neste evento, voltou com uma pole-position na divisão Cup, preparando-se para uma boa corrida amanhã.

Qualificação 2 – Estreante surpreende candidatos


A segunda qualificação foi, também, muito disputada, tendo sido diversos os pilotos a passar pelo topo da tabela de tempos, entre eles, Orlando Batina, Francisco Abreu, Elias Niskanen e, finalmente, Jan Duran, que na sua estreia conquistou a pole-position para a segunda corrida.


O espanhol aos comandos do Mercedes AMG da NM Racing Team bateu o carro semelhante da Lema Racing pilotado Elias Niskanen, tendo os dois ficado separados 0,1s.


Com este resultado de Duran, Guillermo Aso mostra que está determinado em manter-se na luta pelo título com o finlandês da Lema Racing e o seu colega de equipa, Nuno Pires, e com Francisco Abreu e José Carlos Pires, no BMW M4 GT4.


A sessão não correu da melhor forma a Francisco Abreu, tendo terminado na sexta posição da grelha de partida, imediatamente atrás dos dois grandes candidatos ao título da GT4 Bronze.


Patrick Cunha, em Audi R8 LMS GT4, fez a pole-position da divisão, mas teve forte oposição de Nil Montserrat, que no Mercedes AMG GT4 da NM Racing Team ficou a apenas 0,031s do seu rival na luta pelo título.


Depois dos problemas na primeira qualificação, na segunda Daniel Teixeira exerceu o seu domínio e conquistou a pole-position para a divisão TCR, suplantando António Coimbra por um segundo.


Héctor Hernández continuou a boa performance do seu colega de equipa e assegurou o melhor tempo da TC aos comandos do BMW M240i Racing da Autoworks Motorsport.


Fernando Soares foi o mais rápido da GTX aos comandos do Aston Martin Vantage AMR da Araújo Competição, dando mais um passo para assegurar com o seu colega de equipa, Álvaro Ramos, o título da GTX do Iberian Supercars Endurance.


No entanto, na GTC, Marcus Fothergill, que foi o mais rápido da divisão Cup, posicionou-se num bom lugar para se bater nas corridas de amanhã pelo ceptro da categoria GTC aos comandos do Porsche 911 Cup preparado pelos ingleses da Tockwith Motorsports.


Este domingo serão realizadas as corridas, a primeira às 9h40 e a segunda às 14h35, podendo ambas ser seguidas em directo através das redes sociais oficiais das competições e a primeira também em directo na A Bola TV.


Comentários


bottom of page