top of page

Qualificações emocionantes em Jarama

As qualificações para as corridas do Circuito de Madrid Jarama – RACE da segunda ronda do Supercars Jarama RACE foram animadíssimas, tendo Nerea Martí, em BMW M4 GT4 da BMW Motorsport España, e Filip Vava, em Mercedes AMG GT4 da NM Racing Team, dividido as pole-positions.

 

Como era esperado, a competitividade foi a nota dominante em ambas as sessões, tendo a piloto do carro bávaro assegurado a melhor marca, na primeiro, ao bater o seu rival mais próximo por quatro décimos, ao passo que o titular da máquina da marca de Estugarda, conquistou a sua pole-position por apenas 0,001s.

 

 

1ª Qualificação: Martí impressiona imediatamente



 Nerea Martí entrou muito forte na primeira qualificação da jornada, realizando na sua primeira verdadeira volta lançada um tempo impressionante, que a guindou imediatamente ao topo da tabela de tempos.

 

Subitamente, ninguém se chegava ao registo da piloto do BMW, o que levou a que esta rumasse às suas boxes, admitindo que seria muito difícil para si melhorar o registo que parara o cronómetro em 1m38,863s.

 

No entanto, nos momentos finais, Nerea Martí terá passado por alguns momentos de maior stresse, uma vez que Guillermo Aso e Salvador Tíneo, ambos em Mercedes AMG GT4, aproximaram-se bastante da marca da piloto da BMW Motorsport España, ficando ambos a quatro décimos.



 O piloto da NM Racing Team chegou mesmo a causar uma bandeira vermelha, devido a uma saída de pista, mas conseguiu regressar, assegurando o segundo posto na grelha de partida, ao bater Salvador Tíneo, da Team VRT, por 0,071s.

 

Alberto de Martín, também num carro de Estugarda da NM Racing Team, esteve num elevado nível competitivo, perdendo pouco mais de um segundo e meio para o tempo da ‘pole’, sendo o mais forte entre os GT4 Bronze, ao bater Borja Hormigos por sete décimos de segundo, que ficou em sexto da geral. Alba Cano, em Mercedes AMG da NM Racing Team inscrito na GT4 Pro, ficou entre os dois concorrentes, sendo as diferenças muito curtas.

 


A equipa de Barcelona, que inscreve quatro carros, esteve em plano de destaque esta tarde, uma vez que também na GT4 Am foi a mais forte, com Keith Gatehouse a registar o oitavo tempo, a dois décimos de segundo de Sérgio Azevedo, no BMW M4 GT4 (F82) da Batina Racing.

 

Henrique Cruz protagonizou uma estreia auspiciosa com o Ginetta G55 da Tockwith Motorsports ao assinar uma volta em 1m42,202, o que lhe permitiu ascender ao nono posto da geral e ser o mais forte da GTX, batendo Tomás Pinto Abreu, em Ginetta G50 também da equipa inglesa, por sete décimos de segundo.

 

Entre estes dois pilotos ficou o melhor dos Turismo, Pedro Herraiz, no Hyundai i30 TCR da RX Pro Racing, numa excelente estreia do piloto e da equipa no Supercars Jarama RACE, conseguindo um ‘top-10’.

 

Rui Miritta, no Porsche 911 da Monteiros Competição, foi o mais forte no duelo da GTC tendo mesmo se colocado entre o McLaren 570S GT4 da McLaren Barcelona - SMC Motorsport, pilotado por Rafael Muncharaz e o BMW M4 GT4 (G82) da Promotion Motorsport, com Smörg aos seus comandos.

 

Filipe Matias continuou a sua progressão no Ginetta G40 da Monteiros Competição inscrito na divisão TC, ficando com o décimo oitavo posto da grelha de partida para a corrida de amanhã.

 

Qualificação 2: Filip Vava por um suspiro

 


Se na primeira qualificação se viveu incerteza até ao cair da bandeira xadrez, a segunda foi decidida por um milésimo de segundo a favor de Filip Vava no Mercedes AMG GT4 da NM Racing Team com o registo de 1m37,778s, que bateu o tempo que Francisco Abreu realizou na segunda qualificação do ano passado, 1m37,897s, sendo um novo recorde.

 

Uma vez mais, foi o BMW M4 GT4 (G82) da BMW Motorsport España que tomou a dianteira inicial, desta vez nas mãos de José de los Milagres, mas o piloto do carro de Estugarda bateu o seu rival por 0,001s, quando este estava parado nas boxes.

 

O homem do carro bávaro ainda voltou à pista na tentativa de recuperar a pole-position, mas com a pista mais quente e os pneus já para lá do seu pico de performance, a sua tentativa foi infrutífera, acabando por se contentar com o segundo posto na grelha de partida de amanhã.

 


A NM Racing Team voltou a estar em grande nível, com Nil Montserrat a garantir o terceiro posto, a 0,286s do seu colega de equipa, afirmando-se como o melhor da divisão GT4 Bronze ao superiorizar-se a Orlando Batina, no BMW M4 GT4 (F82) da Batina Racing, por menos de meio segundo.

 

O português realizou uma excelente prestação, batendo os Mercedes de Andy Cantu, NM Racing Team, e de Luis González, Team VRT, que ficaram nas posições imediatas.

 

Igor Sorokin, que está pela primeira vez em Jarama, assegurou uma excelente marca e foi o melhor dos GT4 Am, replicando a performance do seu colega de carro. No entanto, desta feita teve de se haver com a forte oposição de Javier Macias, no BMW M4 GT4 (G82) da Promotion Motorsport, tendo os dois ficado separados por meio segundo.

 


Jemma Moore, tal como o seu colega de equipa, levou o Ginetta G55 da Tockwith Motorsport até aos dez primeiros, com o nono crono, superiorizando-se a Héctor Hernández, no BMW da Autoworks Motorsport.

 

O espanhol viu-se mesmo acossado por Marcus Fothergill que, desta feita, remeteu Rui Miritta para o segundo posto da Cup, mostrando que nas corridas de amanhã a luta pela primazia na divisão será intensa.

 

Samuel Gomez, no Hyundai da RX Pro Racing esteve muito perto de bater o piloto do Porsche da Tockwith Motorsports, perdendo apenas por 0,025s, mas conseguiu bater o McLaren de Rafael Muncharaz por seis décimos de segundo.

 


Simon Moore, no Ginetta G50 que divide com Tomás Pinto Abreu, liderou um trio de carros que ficou separado por apenas oito décimos de segundo, sendo seguido por Jonathan Elsworth, Ginetta G55, e Rui Miritta, tendo Filipe Matias ficado com o décimo oitavo posto.

 

Infelizmente, Gabriela Correia não pôde tomar parte nas qualificações, depois da sua saída de pista nos treinos-livres, sendo a única ausência.

 

As corridas de amanhã terão o seu início às 10h15, a primeira, e às 16h05, a segunda, podendo ambas ser seguidas em directo nas redes sociais oficiais da competição (Facebook e YouTube) e, em Espanha, na DAZN. Em Portugal, A Bola TV transmite a primeira ao vivo e a segunda em diferido. Entretanto pode rever a conferência de imprensa das qualificações e seguir em directo o Pit-Walk, que terá o seu início às 18h00.






Comments


bottom of page