top of page

FPAK Junior Team - um sucesso que terá repetição em 2024



A FPAK Junior Team de velocidade foi um sucesso retumbante em 2023, tendo dado a oportunidade a jovens pilotos de se estrearem na mais importante competição de Portugal, uma aposta que é renovada este ano.

 

Em 2023, seis jovens - Duarte Camelo, Duarte Pinto Coelho, Gabriel Caçoilo, Henrique Cruz, Lourenço Monteiro e Mariana Machado – tomaram parte em três das quatro provas do Campeonato de Portugal de Velocidade aos comandos de três Ginetta G40 GT5, partilhando a pista com alguns dos melhores pilotos da Península Ibérica, e não só.

 

Para além da experiência em pista, as esperanças do automobilismo nacional aprenderam ainda todo o processo de afinação de um carro de corridas, passando pela análise de telemetria, oferecendo-lhes uma visão global das exigências da competição de pista.

Duarte Camelo regozijou-se com a sua participação na equipa dinamizada pela entidade federativa. “A iniciativa da FPAK foi uma das mais incríveis do automobilismo nacional. É fantástica, superorganizada e consegue proporcionar aos jovens pilotos uma experiência na categoria de velocidade onde estão pilotos e carros incríveis. Além disso, melhora-nos enquanto pilotos seja qual for a modalidade de onde vimos”, afirmou o jovem que em 2023 se sagrou Campeão de Portugal de Ralicross na Divisão 1 do Nacional 2RM e ficou em segundo lugar na divisão TC do Campeonato de Portugal de Velocidade, acrescentando: “sem dúvida que, tanto pelo formato como pela rotatividade de pistas e equipas, é a melhor forma de jovens pilotos ganharem gosto pela modalidade, como foi o meu caso, que adorava ter a oportunidade de repetir a experiência quem sabe num campeonato com mais provas ainda”.

Henrique Cruz, o Campeão de Portugal de Karting X30 de 2022, reforça a oportunidade que foi oferecida. “Este programa, a meu ver, foi bastante interessante, pelo facto de ajudar os jovens e talentosos pilotos que temos em Portugal, abrindo portas para o mundo do automobilismo que devido aos seus custos nem sempre é acessível”, afirmou o piloto que se estreou na competição automóvel, ficando em sexto lugar na divisão TC do Campeonato de Portugal de Velocidade.

 

O carro escolhido para a FPAK Junior Team, o Ginetta G40 GT5, é também um motivo para a evolução dos pilotos que dão os primeiros passos na Velocidade, uma vez que é um pequeno GT com uma relação peso/potência muito performante. “Já conhecia o carro, mas não tinha ideia de como era a sua condução. É engraçado, rápido e que requer que estejamos com os reflexos apurados para as reações que tem em pista, tornando sempre uma aventura cheia de adrenalina conduzi-lo”, sublinhou Duarte Camelo.

Por seu lado, Henrique Cruz aponta a facilidade com que se adaptou ao irreverente e performante carro inglês, graças ao seu comportamento consistente. “O Ginetta é um carro fácil de guiar ao qual me adaptei bastante rapidamente, chegando ao fim da temporada com o sentimento de estar ao mesmo nível de todos os concorrentes”, afirmou o jovem piloto, que falhou a sua estreia no Campeonato de Portugal de Velocidade devido a uma indisposição física.

 

Estes dois jovens pilotos evidenciam a validade do FPAK Junior Team, assim como Duarte Pinto Coelho que, depois de ter impressionado aos comandos dos Ginetta G40 GT5, já testou um Mercedes AMG GT4 da Racar Motorsport, estando a trabalhar para dar o salto para os GT4.

 

Os interessados em participar na iniciativa da FPAK, tomando parte no Campeonato de Portugal de Velocidade de 2024, poderão apresentar as suas candidaturas até ao dia 12 de Janeiro de 2024.

 

Os potenciais candidatos poderão encontrar mais informação aqui.


Comments


bottom of page