top of page

Jarama Classic - Curiosidades do paddock

O fim-de-semana do Jarama Classic, o palco da segunda época do ibérico Supercars Endurance e do Campeonato de Portugal de Velocidade, foi pródiga em conversas e curiosidades no paddock… conheça algumas delas…


McLaren Artura em estreia


A SMC Motorsport estreou no Circuito del Jarama o seu espectacular McLaren Artura no Supercars Endurance e Campeonato de Portugal de Velocidade.


A equipa espanhola aproveitou a etapa do circuito de Madrid para colocar em pista a sua nova máquina com as cores da Gulf, um dos patrocinadores do evento, mas sem participar na corrida, dado não ter ainda o pacote técnico da McLaren para correr como GT4, estando em configuração troféu.


O piloto espanhol Tomás Pinto, terceiro classificado em 2022 na categoria GT4 Pro, foi o piloto incumbido de rodar com o Artura durante os treinos-livres, realizando o terceiro tempo da sessão, ao ficar a seis décimos de segundo do registo de Elias Niskanen, que aos comandos do Mercedes-AMG GT4 da Lema Racing foi o mais rápido.


A SMC Motorsport tem já dois McLaren 570S GT4 inscritos no campeonato, mas equaciona a possibilidade de aumentar a sua presença, com o Artura já configurado em GT4.


Cesar Campaniço de regresso ao paddock


César Campaniço é um dos pilotos lusos mais bem-sucedidos, tendo inclusivamente vencido o Campeonato de Portugal de Velocidade/Campeonato Nacional de Velocidade, por cinco vezes.


Em Jarama, o piloto que liderou a Team Novadriver esteve a emprestar a sua enorme experiência na Velocidade aos jovens pilotos do FPAK Junior Team - Lourenço Monteiro, Duarte Pinto Coelho, Henrique Cruz, Mariana Machado, Duarte Camelo e Gabriel Caçoilo.


Os pilotos, que marcaram presença no circuito espanhol aos comandos dos ágeis Ginetta G40, mostraram uma evolução notável ao longo dos dois dias do evento, o que foi possível verificar nas performances que assinaram em pista.


Multidão enche Jarama


O Jarama Classic foi um sucesso, tendo mais vinte e uma mil pessoas passado pelo circuito madrileno ao longo dos dois dias do programa.


Com um programa que compreendia o passado, Historic Endurance e Carrera Los 80, e o presente, o Supercars Endurance e o Campeonato de Portugal era o grande cabeça de cartaz, isto para além das competições da CRM Racing Series, tendo o muito público que circulou pelo paddock contactado com as máquinas de perto, ao passo que as bancadas do miolo do circuito foram as preferidas para ver as corridas.


Com três equipas e sete pilotos espanhóis em pista, três deles de Madrid, os adeptos torceram pelos seus conterrâneos e vibraram com cada ultrapassagem, sobrepondo-se muitas vezes as suas exclamações ao cantar dos motores.


O fato de Fernando Soares


O Fernando Soares apresentou-se no Circuito del Jarama com um fato de competição muito especial – o ignífugo que Nicki Thiim usou em 2020 para vencer as 24 Horas de Le Mans na classe GTE Pro aos comandos de um Aston Martin Vantage AMR GTE.


O piloto que compete com um Aston Martin Vantage AMR GT4 da Araújo Competição é um grande aficionado da marca britânica e, em 2019, numa visita a La Sarthe para assistir à clássica mundial de endurance conheceu o dinamarquês, admirando a abordagem deste ao automobilismo.


Mais tarde adquiriu o fato que Thiim levou à vitória na prova de 2020. “Gosto muito do Nicky, é um piloto à antiga, está sempre satisfeito, muito na linha do James Hunt. Fiquei com o fato dele de 2020 e tenho vindo a usá-lo este ano. É o meu amuleto da sorte e vou mantê-lo ao longo da temporada”, afirmou Fernando Soares que faz equipa com Álvaro Ramos, vencendo a dupla do Aston Martin ambas as corridas de Jarama na classe GTC e na divisão GTX.


Em destaque em Le Mans


O Jarama Classic realizou-se no mesmo fim-de-semana da edição deste ano das 24 Horas de Le Mans e para além de se terem efectuado concomitantemente, outras ligações entre os dois eventos se verificaram.


Um deles foi Nico Pino, que disputou em 2021 o Supercars Endurance. O jovem chileno conquistou dois triunfos, para além de ter assinado o recorde do circuito de Jarama para GT4, 1m38,295s, que este fim-de-semana foi batido por Francisco Abreu, 1m37,897s.


Pino, esteve em destaque em La Sarthe, ao terminar no terceiro posto da classe LMP2, aos comandos de um ORECA 07 Gibson da Duqueine Team que dividiu com René Binder e Neel Jani.


Mas as ligações não se ficaram por aqui, uma vez que também um dos vencedores à geral, no Ferrari 499P, passou pelas pistas portuguesas e ibéricas – Alessandro Pier Guidi.


O italiano em 2012 participou no Campeonato de Portugal de Velocidade aos comandos de um Ferrari 430 GT2 da Ray Racing Team. O vencedor das 24 Horas de Le Mans deste ano conquistou dois triunfos e duas pole-positions durante a sua passagem por Portugal, tendo já então mostrado o seu valor…

Comentarios


bottom of page