top of page

Novidades de 2024 e continuidade d’A Bola TV


O Iberian Supercars, o Campeonato de Portugal de Velocidade e o Supercars Jarama RACE têm o seu início no próximo fim-de-semana em Jerez, mas há ainda novidades a desvendar, sendo uma delas a continuação das transmissões das corridas pela A Bola TV.

 

As corridas da principal competição de pista da Península Ibérica suscitam cada vez mais interesse entre os adeptos, motivados por provas animadas realizadas por carros de sonho pilotados por alguns dos melhores pilotos de Portugal, Espanha e de outros países.

 

A continuidade das transmissões das corridas n’A Bola TV é um reflexo do crescente entusiasmo pelo Iberian Supercars e Campeonato de Portugal de Velocidade, difundindo as provas dos seis eventos que compreendem também o Supercars Jarama RACE.

 

 

Nova divisão para iniciantes

 

Os GT4 são carros que apaixonam não só os adeptos, mas também os pilotos com os mais diversos backgrounds devido às marcas de prestígio que envergam, ao design apaixonante que ostentam e ao prazer de pilotagem arrebatador que proporcionam.

 

Para que pilotos menos experientes pudessem tomar parte no campeonato e pudessem lutar por algo, a organização criou uma nova divisão, a GT4 Am, consagrada a carros homologados como GT4 pilotados por condutores a dar os primeiros passos no automobilismo.

 

 

Handicaps para corridas ainda mais emocionantes

 

Com o intuito de criar corridas ainda mais emocionantes, já no ano passado, os três primeiros classificados de cada uma das divisões na Corrida 1 de um evento tinham de cumprir na segunda um handicap durante a paragem nas boxes – dez segundos para o primeiro classificado, cinco para o segundo e três para o terceiro.

 

No entanto, da segunda corrida para a primeira do evento seguinte não havia qualquer handicap, o que vai mudar este ano. Os tempos mantém-se, mas os três primeiros classificados de cada divisão da segunda corrida carregam o handicap para a primeira prova do evento seguinte.

 

Este handicap será cumprido durante as paragens de troca de pilotos obrigatórias – mesmo os carros apenas com um condutor têm de realizar o ‘pit-stop’ – que se realizam entre 20m00,000s e 29m59,999s de cada uma das corridas de quarenta e cinco minutos.

 

 

Novo destino

 

Para este ano, mantém-se os circuitos visitados em 2023 – Autódromo Internacional do Algarve, Autódromo do Estoril, Circuito del Jarama e Circuito de Jerez – mas haverá uma nova adição – Circuito Ricardo Tormo, em Valência.

 

O traçado valenciano será a quinta etapa da temporada, realizada nos dias 28 e 29 de Setembro, contando para o Iberian Supercars e para o Supercars Jarama RACE.

 

Com a entrada da pista de Valência, serão três circuitos espanhóis a integrar o calendário e dois portugueses.

 


Maior justiça durante as corridas

 

A entrada do Safety-Car em pista, ainda que por motivos de segurança, nem sempre é justa para pilotos e equipas.

Para que a justiça prevaleça e possam ser as equipas mais rápidas vencer, a partir desta temporada, não é permitido realizar a troca de pilotos obrigatória durante períodos de Safety-Car ou de bandeiras vermelhas.

 

Esta alteração impede que equipas que tenham a sorte de estar no sítio certo no momento certo numa neutralização ou interrupção possam tirar vantagem e, dessa forma, subir injustamente na classificação.

 


Comments


bottom of page